Vizela | Teve início a construção do CROA

No seguimento da implementação do programa Vizela ProAnimal, a Câmara Municipal de Vizela já deu iniciou à obra do Canil Municipal, na Rua das Arcas, na freguesia de Infias.

De realçar que a Câmara Municipal de Vizela apresentou uma candidatura ao programa estatal de incentivos financeiros para construção e modernização de centros de recolha oficial (CRO) de animais de companhia, que não foi contemplada.

Ainda assim, e tendo em atenção que se trata de uma situação que muito preocupa a Autarquia foi decidido avançar com a construção do Canil Municipal, um projeto no valor de € 259.850,00, acrescido de IVA para que, dessa forma, sejam criadas condições condignas de alojamentos dos animais abandonados neste Município.

O edifício é constituído por três áreas distintas: edifício administrativo, zona para o canil e gatil, ligados por uma pala e um pequeno corpo a poente, com jaulas de isolamento/sequestro e quarentena.

A construção do canil municipal está integrada no programa Vizela ProAnimal, um plano integrado para este setor que a Câmara Municipal se encontra a desenvolver no sentido de estruturar, dinamizar e dignificar as políticas municipais relativas aos animais errantes.

Nesse sentido, o Executivo procedeu à implementação de uma série de medidas, das quais se destacam: a compra de medicamentos e alimentos, a recolha com a criação de uma equipa, e recuperação de uma viatura e a aquisição de meios, a construção de um abrigo provisório e construção de Canil e Gatil Municipal, a Campanha de comunicação e sensibilização municipal animal, a contratação de um Veterinário, a implementação de uma Campanha de adoção, a instalação de Eco Dogs, a implementação do Cheque Animal, a Campanha de redução de errantes, a Viatura de socorro animal e a Campanha de vacinação antirrábica e identificação eletrónica de animais.

O objetivo deste Executivo passa assim por colocar Vizela na primeira linha das autarquias no que toca às políticas municipais relativas aos animais errantes, em contraponto com o que acontecia até agora, em que se verificava uma total ausência de estratégia nesta matéria.

Fonte: Câmara Municipal de Vizela