Ponte da Barca vai implementar Programa CED

O Município de Ponte da Barca pretende implementar o Programa CED (Captura, Esterilização e Devolução) que tem como principais objetivos controlar e reduzir o número de gatos errantes assilvestrados, cuidar do bem-estar dos animais, reduzir focos de insalubridade no concelho e evitar a proliferação de pragas.

Pois a existência de numerosos gatos errantes não esterilizados em várias zonas da concelho, para além de ser prejudicial ao próprio bem-estar dos mesmos, causa também problemas aos munícipes, associados à reprodução, ao ruído, aos odores e aos focos de insalubridade.

Como a gestão do Programa CED se reveste de enorme complexidade e exigência de recursos no terreno, monitorização permanente do estado de saúde e número de indivíduos da colónia, angariação de alimentos, disciplina de horários de alimentação e estado de limpeza da zona de implantação da colónia, é fundamental a colaboração de cuidadores.

Os cuidadores têm de ter uma especial vocação e franca capacidade de mobilização, no cumprimento dos planos de gestão devidamente autorizados pelo médico veterinário municipal, para garantir que todo o espaço público da colónia é limpo e higienizado, livre de resíduos ou restos de comida, de forma a evitar a proliferação de pragas.

Qualquer pessoa singular pode registar-se voluntariamente como cuidador de uma ou mais colónias de gatos a manter no Município, mediante pedido de autorização a efetuar junto do Município (gabinete de apoio ao munícipe) de acordo com as Regras de Cuidadores de Colónias no Concelho de Ponte da Barca.